Turismo e Água. Como conciliar consumo, qualidade e poupança?

Posted on outubro 11, 2017

As Nações Unidas declararam 2017 como o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento, reconhecendo a importante função do turismo sustentável como instrumento positivo para proteger o ambiente, melhorar a qualidade de vida e a economia local.

O turismo em Espanha, 2017 o ano de todos os recordes

A Espanha foi escolhida como o melhor destino turístico mundial, segundo o World Economic Forum, e está próxima a encerrar o ano com um recorde histórico de visitantes ultrapassando os 80 milhões de visitantes, o que a coloca no top 3 dos países mais visitados do mundo.

Inevitávelmente estes dados podem resultar perjudiciais a meio/longo prazo para o entorno económico, cultural e ambiental, quando não são geridos de uma forma sustentável os recursos que fazem com que a zona seja considerada invejável.

A água, mais concretamente a gestão das águas residuais, é um destes recursos em que se deve ter a maior cautela.

O uso eficiente dos recursos hídricos torna-se cada vez mais necessário

Segundo o Instituto Nacional de Estadística (INE) espanhol, o consumo de água das famílias espanholas é de 132L/dia.  O consumo de um turista pode chegar a atingir 800L/dia!

Este consumo é calculado de acordo com os serviços hoteleiros e de restauração, tais como cozinha, lavandaria, casas de banho, serviços de limpeza, refrigeração e rega, bem como atividades de lazer como o golfe, balneários e piscinas, parques temáticos, etc. Como exemplo indicar que um campo de golfe precisa entre 200.000 e 300.000 m³/ano para a sua manutenção.

Aproveitamento das águas residuais em hotéis, resorts e parques de campismo turísticos

Depuração de águas negras e cinzentas

A depuração in situ das águas residuais procedentes de complexos hoteleiros é necessária quando os edifícios se encontram localizados em zonas de difícil acessibilidade e/ou longe dos esgotos públicos, ou em zonas com legislação de descargas muito estritas.

As águas residuais da indústria turística são caraterizadas geralmente por:

  • As importantes variações de caudal, em función da sazonaliade e da hora do dia.
  • Uma elevada presença de gorduras, óleos de orígem orgânica e detergentes.
  • Uma alta concentração de contaminantes orgânicos.

Na maior parte dos casos procurar-se-a instalar uma linha de tratamento compacta, de baixo consumo energético, sem odores e de pouco ruído, com manutenção simples e controlo seguro de parâmetros.

A Salher recomenda as seguintes tecnologias para a depuração das águas cinzentas procedentes nomeadamente de hotéis e resorts, complexos turísticos, albergues e refúgios de montanha, clubes de campo, parques temáticos, e outros.

Lamas Ativadas
Leito móvel - MBBR Biomembranas - MBR
Modular Sim Sim Sim
Efetividade com altas cargas e teor de redução de poluentes
Alta Alta Muito alta
Consumíveis Não Não Sim (membranas e limpeza membranas)
Espaço requerido Alto Médio Muito Baixo (prescinde de decantador secundário)
Custo de investimento (CAPEX) Baixo Baixo Alto
Despesa energética continuada associado ao arejamento e recirculações Baixo Médio Alto
Produção de lamas Média Média Média
Produção de odores Mínima Mínima Mínima
Qualidade da água à saída Apta para descarga a linha de água Apta para descarga a linha de água Apta para reutilização
Tolerância face cargas e caudais não uniformes Baixa Média Média


Reutilização de águas cinzentas ou depuradas

A reciclagem das águas cinzentas e a reutilização da água de poços ou águas pluviais justificam-se integralmente no setor turístico pelo volume importante de consumo de água para uso doméstico.

As vantagens de utilização são numerosas:

  • Rega de jardins, parques e espaços de lazer
  • Lavagem de áreas pavimentadas
  • Lavandaria
  • Recarga de sanitários

Existem várias soluções de reutilização segundo os parâmetros da água a tratar (caudal, carga de entrada, …)


Depuradoras MBR Sistemas de filtração de alto rendimento Sistemas de ultrafiltración Sistemas de filtración por carbón activo Sistemas de desinfección
Modelo Salher® CHC-OXI-MBR
OXI-MBR
GRISAL-AUT
SAL-PLU
UF-AUT LAVA-E SAL-CL
SAL-CLPH
SAL-RX
CVC-CE
SAL-UV
SAL-OZ
Efectividad Altos rendimiento de eliminación de materia orgánica, sólidos en suspensión, amonio Eliminación de trazas de sólidos en suspensión Eliminación de trazas y micro contaminantes.
Efluente 100% libre de virus, bacterias y otros patógenos
Eliminación de trazas de materia orgánica, cloro libre, desodorización, y decoloración del agua Eliminación de gérmenes patógenos, desinfección de aguas residuales tratadas con altos valores de turbidez o color y mantenimiento de la calidad del agua en depósitos
Características Depuración de aguas grises mediante combinación de un proceso de fangos activos y de separación de sólido – líquido por membranas Filtros alto rendimiento dotados de material de Relleno de granulometrías Filtros de anillas. Filtros de cartucho. Módulos de filtración compuestos por membranas en el rango de ultrafiltración (diámetro nominal de poro < 0.1 μm) Filtros alto rendimiento dotados de material de relleno (carbón activo) Equipos de cloración o sistemas de desinfección por UV
Espacio requerido Alto
Sistema enterrado o en superficie. Posibilidad de obra civil
Sistema compacto enterrado y en superficie Sistema compacto en superficie Sistema compacto en superficie Sistema ultra compacto en superficie​


Além disso quando os edifícios dispõem de uma fonte de água externa como água de poço, de mar, ou água pluvial, existem numerosas soluções de tratamento para gerir este recurso de acessibilidade simples e que permite diferentes aplicações, tais como:

  • Fornecimento de água potável não engarrafada
  • Tratamento de águas de piscinas, jacuzzis e tanques

Caso de estudo: Área de campismo em Lanzarote, Ilhas Canárias (Espanha)

Sistema de desbaste

Para um importante espaço de lazer insular com capacidad de 1.000 utilizadores e localizado num espaço natural protegido, a Salher desenvloveu, fabrocou e forneceu uma estação depuradora de última geração para tratar as águas residuais.

O sistema inclui a instalação de 2 tamisadores rotativos (Ref.:TARO-MINI)  ultra compactos para a separação dos sólidos finos.

Completam o sistema 2 reatores biológicos com un módulo de membranas de ultrafiltração em vez de decantador secundário, 2 depósitos de acumulação de água tratada e quadro elétrico com autómato para controlo das 2 linhas da ETAR.


EDAR Lanzarote

salher logo

Engenharia tratamentos de água - Depuração - Sistemas de separação de líquidos e sólidos para processos industriais e municipais - Águas subterrâneas - Potabilização -Reutilização - Separação de óleos minerais e hidrocarbonetos

 
Contato

Quem somos

Soluções
Productos Notícias

Publicações