A Salher aposta nas Estações de Tratamento de Potabilização por Osmose Inversa, para situações sazonais

Ago 10, 2022

Cada vez mais, os municípios e as empresas de gestão de água, confiam na tecnologia de membranas no tratamento da água, a fim de obter água tratada de maior qualidade. A Salher tem à disposição um vasto catálogo de estações de tratamento de água potável compactas, que utilizam membranas de osmose inversa.

O sistema de osmose inversa é uma tecnologia de purificação de água com múltiplas aplicações, nomeadamente dessalinização, potabilização, obtenção de água ultrapura, tratamento de águas residuais urbanas e industriais, em todos os tipos de ambientes. É uma tecnologia que continua a evoluir, à medida que aumenta o número de estações de tratamento de água que a utilizam. Entre estas aplicações, a instalação como ETAP, também está a crescer em pequenas e médias populações.

No entanto, a tecnologia de osmose inversa, aplicada ao serviço residencial, enfrenta uma desvantagem para a qual, devido ao seu funcionamento, não está preparada, a priori: a sazonalidade. O abandono das aldeias, que em muitas zonas causou o êxodo rural, foi revertido nos últimos anos por pessoas que, na procura de uma melhor qualidade de vida, estabeleceram as suas segundas casas nestas zonas.

Esta situação, de grande oscilação populacional, dificulta o dimensionamento das estações de águas para o abastecimento destes municípios, sendo a capacidade de adaptação ao consumo sazonal e descontínuo, um dos requisitos fundamentais para o seu sucesso. Neste sentido, e dadas as necessidades de operação em contínuo da tecnologia de osmose inversa, a sua aplicação neste contexto parece ser incompatível.

Consciente disso, a Salher desenvolveu estações de osmose inversa, com operações isoladas por módulos e com protocolos de hibernação que permitem que a mesma estação funcione, com vários caudais diferentes, em função do consumo, sem produzir sujidade e/ou diminuição da vida útil das membranas.

Planta potabilizadora Salher para el aeropuerto de Alicante-Elche

Estações compactas de osmose inversa

As instalações de osmose inversa da Salher, adequadas às exigências sazonais, apresentam vários cenários de trabalho em que podem funcionar, dependendo do consumo instantâneo e, portanto, do nível de água detetado no reservatório de água tratada que abastece o município em questão. Quando o consumo de água diminui, o regime de produção de água tratada também deverá ser diminuído. Isto implica uma mudança nas condições de trabalho da estação, para um cenário em que várias membranas de osmose inversa ficam isoladas.

Para que estas variáveis funcionem, é essencial a elaboração de um estudo prévio detalhado, tendo em conta o consumo e o regime sazonal, o que vai permitir aos engenheiros, responsáveis pelo dimensionamento da central, selecionar os equipamentos que melhor se adequam a estes registos, em termos da capacidade de dimensionamento das bombas, de possíveis configurações de osmose inversa e dos volumes dos depósitos de acumulação, incluídos no processo.

Para a correta configuração da lavagem flushing e CIP das membranas, é essencial a limpeza independente por etapas e a capacidade de adaptação às diferentes exigências, dependendo do cenário de funcionamento. Uma caraterística comum das estações de tratamento da Salher é a importância dada à manutenção preventiva, que é um fator indispensável no caso da tecnologia de osmose inversa. Assim, a utilização de água tratada, os tempos de limpeza, os produtos químicos utilizados e os valores de set-point para a ativação do processo de limpeza, são estabelecidos com grande pormenor e de uma forma específica para cada estação.

Um aspeto particular deste processo de adaptação ao consumo sazonal, é a definição de um protocolo de hibernação, que irá permitir o funcionamento da central em modo de “baixo consumo”, e se necessário, durante longos períodos de tempo. Este protocolo consiste em manter as membranas, que não estão a funcionar, mergulhadas num produto conservante. Do mesmo modo, o restabelecimento do funcionamento, é cuidadosamente dimensionado, para garantir que o processo é efetuado em segurança, sem qualquer interrupção na produção de água, água de alta qualidade, em qualquer momento.

A Salher tem uma vasta experiência na conceção e instalação de sistemas de osmose inversa, das quais se podem identificar algumas vantagens significativas:

  • Dimensionamento detalhado e fiabilidade no sistema de tratamento.
  • Máxima qualidade da água para o consumo humano, rega e utilização industrial.
  • Retenção de contaminantes elevada, atingindo até 99%.
  • Homogeneidade nos parâmetros de qualidade da água.
  • Tamanho reduzido e compacto.
  • Instalação e operação simples.
  • Baixo custo de manutenção.

A equipa técnica da Salher adapta-se às necessidades de cada cliente, de modo a garantir uma qualidade constante da água tratada e reduzir os custos de investimento e de funcionamento (CAPEX e OPEX). Consequência disto, atualmente podemos falar da Salher como uma empresa de referência em sistemas de osmose inversa.

Boletim Salher

Últimas notícias

Produtos Salher

Concebidos e desenvolvidos para dar soluções a todas as necessidades em tratamento de águas.

Serviços

Serviço de Projetos

Desenvolvimento de engenharia e gestão de projetos.

Fabricação

Produção de equipamentos em PRFV, polipropileno e aço.
Montagem de equipamentos modulares e integração em obra civil.

Fornecimento

Seleção de equipamentos e instrumentos eficientes para criar a solução integral de tratamento de águas.

Posta em serviço

Assistência técnica da montagem eletromecânica e elétrica de cada estação de tratamento de águas.

Manutenção

Serviço de controlo posterior da instalação por parte de uma equipa técnica qualificada.

Formação e apoio documental

Formação teórica e prática, e entrega de manuais de operação, posta em marcha e manutenção.

portugal@salher.com

Zona Industrial de Vagos, Lotes 44-46 - Apart. 139, 3844-909 Vagos, Aveiro - Portugal.

+351 234 795 821

Portugal / +351 234 795 821 – 23

Espanha / +34 91 875 75 30

Polónia / +48 22 737 24 95

México / +52 55 5081 8437

Paraguai / +52 55 5081 8437

Perú / +51 620 0722

Malásia / +60 102 452 108

Engenharia – Tratamento de águas residuais – Depuração – Sistemas de separação de líquidos e sólidos para processos industriais e municipais – Águas superficiais – Águas subterrâneas – Reutilização – Potabilização – Separação de óleos minerais e hidrocarbonetos

Política de privacidade