Reutilizar a água, um investimento para um futuro sustentável

Jan 31, 2020

Economia circular, emergência climática, sustentabilidade. Nos últimos meses, estes conceitos têm preenchido as páginas dos principais meios de comunicação social e estão a ser estudados em universidades de todo o mundo. Num ambiente cada vez mais globalizado, a escassez de recursos é uma realidade e, embora na Europa a necessidade de reutilizar água pareça impensável, de acordo com os dados da UNICEF, 2.100 milhões de pessoas no mundo não têm acesso à água potável.

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas prevêem que até o ano 2050 pelo menos 25% da população mundial viverá num país afetado pela escassez de água doce. Perante este cenário, é essencial trabalhar em projetos de reutilização de água, para os quais a Salher tem várias soluções.

O que é a reutilização da água?

 

O processo de reutilização da água consiste em dar uma nova vida útil à água que anteriormente teve um uso doméstico ou industrial. Para isso, em primeiro lugar, essas águas devem ser tratadas e, em segundo lugar, será necessário um tratamento terciário, como os oferecidos pela Salher, a fim de obter água regenerada de acordo com os parâmetros exigidos.

Os tratamentos de depuração convencionais garantem uma qualidade que permitem descarregar a água sem riscos para o ambiente, mas se pretendermos reutilizá-la para a agricultura, indústria ou outros usos domésticos, a qualidade da água deve ser superior.

A reutilização como paradigma da economia circular

O que é a reutilização, de um ponto de vista técnico?

As instalações compactas de reutilização da Salher oferecem inúmeras configurações para satisfazer qualquer qualidade de água exigida ou utilização pretendida. Trata-se de um conjunto de elementos de afinação para o tratamento de águas cinzentas procedentes de chuveiros, banheiras e lavatórios, e de águas residuais domésticas e industriais previamente tratadas.

Numa primeira fase, este tratamento inclui um sistema de filtros de areia ou um sistema de ultrafiltração. Neste último caso, se a água for imediatamente reutilizada, esta primeira fase será suficiente. Contudo, na maioria das vezes esta água demora algum tempo a ser reutilizada e permanece acumulada num tanque.

Por este motivo, para a sua posterior reutilização, é necessária uma segunda fase. Esta segunda fase consiste num sistema de desinfeção, uma cloração de manutenção, que pode ser por meio de hipoclorito, mediante o ozono, ou por radiação ultravioleta.

Nos casos em que a água não tenha sido previamente submetida a um processo de depuração, existe a opção de fornecer um biorreator de membranas (MBR), que combinará ambas as tecnologias: lamas ativadas e ultrafiltração.

A água regenerada por estes processos pode ser utilizada para recarregar cisternas de sanitários, para a rega (agrícola, áreas verdes e campos de golfe), limpeza de esgotos, limpeza de ruas, sistemas contra incêndios, lavagem de veículos industriais, processos industriais ou recarga de aquíferos e regeneração de rios e zonas húmidas.

A reutilização como paradigma da economia circular

A implementação de um sistema de reutilização de água envolve um investimento económico inicial significativo, que é amortizado ao longo dos anos nas instalações onde é gerada uma elevada produção de águas cinzentas. Por tudo isto, alguns lugares onde seria interessante instalar uma estação de reutilização de águas, uma vez que se consome uma grande quantidade de água e se gera água facilmente reutilizável, são as instalações hoteleiras, ginásios e estações de lavagem de automóveis.

Para além do aspeto ecológico e da poupança de dinheiro a longo prazo, outro incentivo que motiva muitas empresas a instalar sistemas de reutilização de água da Salher é a obtenção de rótulos e certificações sustentáveis para os seus edifícios. Em Espanha existem a certificação LEED, BREEAM e o selo verde, que por outro lado permitem poupanças fiscais como o IBI em Espanha ( IMI em Portugal).

 

 

Exemplos de instalações de reutilização de água fornecidas e em funcionamento da Salher:

Reutilização da água na Europa

O stress hídrico sofrido por alguns países do sul da Europa, como Chipre, Espanha, França, Grécia, Itália e Portugal, leva-os a estabelecer a sua própria legislação sobre a reutilização da água. Por exemplo, em Espanha, foi elaborado o Real Decreto 1620/2007 para aumentar os recursos hídricos. Isto regula as autorizações para a reutilização de água tratada, que devido à falta de investimento ascende a apenas 10,4% no país.

Em Portugal a legislação que estabelece o regime jurídico de produção de água para a reutilização, obtida a partir do tratamento de águas residuais, bem como a sua reutilização fica estabelecida no Decreto-Lei nº 119/2019 de 21 de agosto

Por sua vez, a Comissão Europeia está a aprovar um regulamento comunitário centrado na irrigação agrícola para incentivar a utilização de água recuperada de uma forma ambientalmente segura. No final, a reutilização da água é uma prática mais simples e mais confiável do que a transferência ou dessalinização da água.

As previsões indicam que, com a legislação europeia em cima da mesa, o volume de água reutilizada aumentará para 6,6 mil milhões de m³ por ano até 2025, em comparação com os 1,1 mil milhões atuais.

 

Boletim Salher

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário

Categorias

Últimas notícias

Noviembre será un mes cargado de eventos para Salher

Noviembre será un mes cargado de eventos para Salher

La agenda de Salher en noviembre estará marcada por su participación en tres eventos internacionales: FIHAV en La Habana (Cuba) y dos ferias en Portugal, ENEG en Ílhavo y Concreta en Oporto.Del 4 al...

Produtos Salher

Concebidos e desenvolvidos para dar soluções a todas as necessidades em tratamento de águas.

Serviços

Serviço de Projetos

Desenvolvimento de engenharia e gestão de projetos.

Fabricação

Produção de equipamentos em PRFV, polipropileno e aço.
Montagem de equipamentos modulares e integração em obra civil.

Fornecimento

Seleção de equipamentos e instrumentos eficientes para criar a solução integral de tratamento de águas.

Posta em serviço

Assistência técnica da montagem eletromecânica e elétrica de cada estação de tratamento de águas.

Manutenção

Serviço de controlo posterior da instalação por parte de uma equipa técnica qualificada.

Formação e apoio documental

Formação teórica e prática, e entrega de manuais de operação, posta em marcha e manutenção.

portugal@salher.com

Zona Industrial de Vagos, lotes 44-46, 3844-909 Vagos-Aveiro, Portugal.

+351 234 795 821

Portugal / +351 234 795 821 - 23

Espanha / +34 91 875 75 30

França / +33 1 84 16 47 84

Malásia / +60 102 452 108

México / +52 55 5081 8437

Paraguai / +52 55 5081 8437

Perú / +51 620 0722

Polónia / +48 22 737 24 95

Colômbia / +52 55 5081 8437

Engenharia - Tratamento de águas residuais - Depuração - Sistemas de separação de líquidos e sólidos para processos industriais e municipais - Águas superficiais - Águas subterrâneas - Reutilização - Potabilização - Separação de óleos minerais e hidrocarbonetos

Política de privacidade

Política de Qualidade